Paulo Sousa - Onde Quero Estar

Portuguese

Onde Quero Estar

Se fosse fácil falar
Eu dizia a cantar
Que não posso negar
Que sou rio, tu és mar
Nem consigo escrever
Como te quero ver
Sempre que anoitecer
Sempre que amanhecer
 
Diz que é hoje que me vais salvar
Beija-me, não quero sufocar
E, por favor, não me deixes nunca escapar
Por entre os braços onde eu só quero estar
 
Se eu pudesse roubar
Todo o céu para to dar
Iria sem hesitar
Sem tempo para pensar
 
Então diz que é hoje que me vais salvar
Beija-me, não quero sufocar
E, por favor, não me deixes escapar
Por entre os braços onde eu só quero estar
Por entre os braços onde eu só quero estar
 
Então, voa
Voa até mim
Então, canta
Canta só para mim
Então, dança
Dança até ao fim
E, então, fica
Fica só para mim
 
Diz que é hoje que me vais salvar
Beija-me, não quero sufocar
E, por favor, não me deixes nunca escapar
Por entre os braços onde eu só quero estar
Por entre os braços onde eu só quero estar
 
Submitted by ulissescoroa on Thu, 08/02/2018 - 02:16
Thanks!

 

Paulo Sousa: Top 3
Comments